Setinho, o Adilson Aparecido Seti, consultor técnico de vendas na filial da Agro100, em Sertanópolis, lembra com certa nostalgia e orgulho do fusquinha azul do Giuliangeli, o único veículo que a empresa dispunha na época para visitar e prestar assistência técnica aos produtores. Entrou para a empresa em 1996, na pequena loja da Agro100 que ficava na avenida principal de Sertanópolis e que, além da venda de produtos veterinários, agroquímicos e adubos, distribuía ração para suínos. Ele relembra que no começo as coisas não eram nada fáceis. “Éramos quatro aqui na filial, incluindo os dois sócios da empresa, o Antônio Luiz Giuliangeli e o Roger Alberto Bolsoni. E todos nós fazíamos de tudo, como vender, visitar produtores, prestar assistência técnica, entregar mercadorias e descarregar caminhões de rações, agroquímicos e adubos. O Giuliangeli e o Roger pegavam junto com a gente. Foi um começo de muito trabalho, mas também de muita esperança”, conta Setinho. Formado pelo Colégio Agrícola de Paraguaçu Paulista, Setinho se diz realizado profissionalmente dentro da empresa. “Sempre fizemos um trabalho com muita honestidade transmitindo segurança aos nossos clientes. Preservamos a parceria, nosso sucesso depende dos bons resultados dos nossos parceiros. setinho fuscaSempre indicamos as melhores soluções para cada um. Quando vendemos um produto, é como se estivéssemos comprando para as nossas lavouras E os diretores da empresa sempre nos deram condições e confiança para o desenvolvimento do nosso trabalho. Ninguém conquista a confiança da comunidade por tantos anos se simplesmente forem ‘empurradores’ de produtos. As questões dos nossos clientes são resolvidas com muita rapidez, pois na Agro100 temos acesso direto aos nossos diretores”, explica. Setinho nasceu em Sertanópolis, é casado com Valentina de Lourdes e tem dois filhos, a Maria Eduarda, com 15 anos e o João Gabriel, de sete anos.