Em 1996, Valcir Siqueira da Mata, então funcionário da Valcoop, foi convidado para montar a filial da Agro100 em Nova Santa Bárbara. Depois foi convidado pelos sócios João Fernando Garcia e Walter Bussadori Junior para ser sócio da empresa. Entrou com um telefone e ficou com 5% das cotas da sociedade por cinco anos, até vender a sua parte para o Walter. Foi tocar suas lavouras, 25 alqueires que antes eram arrendados pelo grupo Agro100. Mas ele acabou ficando somente cinco meses fora da empresa. Como ele mesmo diz, “começou a sobrar tempo”. Assumiu novamente a gerência da filial, onde está até hoje. Valcir é técnico em agropecuária, formado em Castro, antes da Agro100, trabalhou nas cooperativas Canorp, em Ibaiti e no entreposto da Valcoop, em Nova Santa Bárbara. “Nosso começo foi tudo muito difícil. Era um sonho de um grupo de profissionais competentes e sérios que acreditavam no potencial da agricultura da região para crescer junto com os produtores. Deu certo e hoje tudo que tenho - casa própria, 40 alqueires de terra, máquinas agrícolas e veículos de transporte -devo à Agro100 que me abriu as portas para que eu tivesse sucesso como técnico e pudesse plantar minhas próprias lavouras”, diz Valcir. Valcir diz que conseguiu organizar o seu trabalho no dia a dia de forma que pode dedicar 98% do seu tempo no atendimento aos produtores parceiros da Agro100, escritório da filial, reuniões, cursos e reciclagens na empresa. “Com os 2% restantes, consigo tocar bem os meus negócios particulares.” Ele planta soja e milho em terras próprias e arrendadas.